Conselheiros Regionais de Cultura são empossados em solenidade online – SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA

0
3
imagem19-11-2020-00-11-36
imagem19-11-2020-00-11-36

Texto: Loane Bernardo/Edição: Sâmea Andrade (Ascom Secec)

18/11/2020

10:23:07

 

“Hoje é um dia muito especial para quem faz cultura”. Assim começou a reunião virtual em que, na noite desta terça-feira (17.11), o Secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues empossou os novos membros dos Conselhos Regionais de Cultura, eleitos para o triênio 2021/2024. O processo de eleição, promovido pelo Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF) e amparado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), contemplou 20 Regiões Administrativas do DF com 260 conselheiros, entre titulares e suplentes.

 

“A cultura está no sangue. Foi por isso que a gente trabalhou tanto, para que os CRCs desempenhem um papel importante e fundamental na aplicação de políticas públicas culturais. Brasília mudou e a gente quer as ações culturais em sintonia com as Regiões Administrativas e com os Conselhos Regionais de Cultura. Vamos arregaçar as mangas e colocar toda a nossa coragem como ponto de partida. A recompensa do trabalho é a alegria de realizar. Bem-vindos e vamos à luta.”, pronunciou o titular da Cultura, ao empossar virtualmente o novo colegiado.

 

Em razão da pandemia de Covid-19, que neste período impõe a todos o isolamento e distanciamento social, recomendados pela OMS, a solenidade foi transmitida em plataforma on-line.

 

Leia mais:

Conselhos Regionais de Cultura do Distrito Federal têm 260 eleitos em 20 RAs

 

A PALAVRA DO CCDF

 

Durante seu pronunciamento, Wellington Abreu, Presidente do CCDF, destacou a força da mobilização de cada RA para que o processo democrático ocorresse de modo proveitoso, ainda que virtualmente. “Vamos ouvir a ponta, a comunidade cultural das RAs. Desejo todo o sucesso, alegria e vigilância para que nenhum aventureiro queira encostar em nossa lei maior, a Lei Orgânica de Cultura (LOC)”, celebrou.

 

A chefe da Assessoria de Articulação de Políticas Culturais da Secec e conselheira de cultura, Sol Montes, deixou uma reflexão ao novo colegiado. “Eu torço para que os conselhos sejam espaços diversos, mas sobretudo de respeito, que esse respeito não seja seletivo para com as mulheres pretas, que elas sejam respeitadas como qualquer indivíduo de cor, raça ou orientação sexual. Que a democracia valha para todos e para todas e que não seja produto de alguns”, manifestou.

 

A conselheira de cultura Fernanda Morgani, representante da sociedade civil, também deixou sua mensagem dedicada aos colegas recém-empossados que, a partir de agora, “farão parte da modernização, da humanização e da desburocratização da gestão pública para o fortalecimento da identidade cultural do DF”. Ela explicou aos novos membros dos CRCs que caberia a eles propor melhorias em suas comunidades e cobrar dos representantes para que as novas políticas públicas sejam efetivadas. “Reivindicamos diariamente transparência em cada ato público e cobramos os nossos gestores por isso”, completou.

 

ARTE EM TODA PARTE

Para além do procedimento ordinário da posse, a cerimônia incluiu ainda atrações musicais, com nomes ilustres como o de Dhi Ribeiro, e desconhecidos como a conselheira eleita Nanci Araújo.  A nova voz do CRC de Ceilândia escolheu Almir Sater para expressar a emoção em representar a cultura da sua região. “Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe… Cada um de nós compõe a sua história cada ser em si carrega o dom de ser capaz, de ser feliz”, interpretou.

 

Saiba mais sobre o Conselho de Cultura do Distrito Federal

 

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br