Jundiaí fecha parceria com Mastercard e vira a 1ª cidade da América Latina a aceitar pagamentos digitais em 100% dos ônibus

0
61
Jundiaí fecha parceria com Mastercard e vira a 1ª cidade da América Latina a aceitar pagamentos digitais em 100% dos ônibus
Jundiaí fecha parceria com Mastercard e vira a 1ª cidade da América Latina a aceitar pagamentos digitais em 100% dos ônibus

A cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, anunciou uma parceria com a Mastercard para pagamentos digitais em todos os ônibus da cidade.

Além da Mastercard também integram a parceria a concessionária Transurb (Transportes Urbanos de Jundiaí) e a Prodata Mobility e os pagamentos nos cerca de 300 ônibus que circulam na cidade será feito via tecnologia NFC.

Desta forma a cidade também passa a aceitar via cartões, pagamentos com Bitcoin e criptomoedas, por meio das fintechs que tem parceria com a Mastercard como a Atar.

“Reduzir a circulação de dinheiro nas linhas de ônibus está entre as vantagens da nova tecnologia. Indo além, em tempos de pandemia, uma das formas de prevenção é evitar contato com superfícies que possam estar contaminadas”, destacou a prefeitura.

Segundo a Prefeitura da cidade os pagamentos digitais nos ônibus estão disponíveis desde 2017, porém em fase de testes e agora será disponibilizado para toda a população em toda a frota do transporte público da cidade.

“O investimento em tecnologia é feito para proporcionar facilidades para os usuários do transporte coletivo”, afirmou o prefeito da cidade Luiz Fernando Machado (PSDB).

Jundiaí e NY

Durante o lançamento da novidade, segundo a prefeitura, a tecnolgoia utilizada para aceitar os pagamentos nos coletivos da cidade é a mesma utilizada em Nova York, Londres, Sydney e Miami.

Além disso, segundo a Prefeitura, com a implementação dos pagamentos digitais em todos os ônibus da cidade, Jundiaí passa a ser o primeiro município da América Latina com esta funcionalidade.

“A tecnologia de pagamento por aproximação é cerca de 10 vezes mais rápida que o pagamento em dinheiro, vantagem para a rotina de usuários frequentes em suas rotas habituais, como também de usuários esporádicos e turistas que acessam a cidade, por exemplo, pela rodoviária. Estes poderão usar o transporte público da cidade sem se preocupar em ter que trocar dinheiro ou em comprar passagens antecipadamente”, destacou a prefeitura.

Rio, São Paulo e Fortaleza

Usuários do Metrô do Rio de Janeiro também podem pagar diretamente pelo seu transporte usando Bitcoin criptomoedas com cartões de crédito e débito, com tecnologia NFC, por meio de uma parceria com a Mastercard. Os pagamentos já estão disponíveis em todas as 41 estações do MetrôRio, nas três linhas, bastando aproximar o cartão contactless do validador.

Na cidade de São Paulo também é possível usar Bitcoin para pagamento no transporte público desde 2018 quando a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes e pela São Paulo Transportes, assinou uma parceria com a Visa permitindo o pagamento, com cartão de débito, crédito e pré-pago, em cerca de 200 ônibus de 12 linhas da cidade de São Paulo.

Já em Fortaleza, os usuários do sistema de transporte complementar da cidade, receberam a promessa, em 2019 de que seria possível pagar suas passagens com Bitcoin e até programas de milhagem, segundo informou a Cooperativa dos Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), contudo, até o momento o sistema não foi implementado.

LEIA MAIS