Fundo brasileiro com exposição em criptoativos sobe 43% e supera o Bitcoin em valorização em 2021

0
106
Fundo brasileiro com exposição em criptoativos sobe 43% e supera o Bitcoin em valorização em 2021
Fundo brasileiro com exposição em criptoativos sobe 43% e supera o Bitcoin em valorização em 2021

Somente em 2021 o preço do Bitcoin já valorizou mais de 39% chegando a marca de US$ 42 mil.

Contudo no Brasil um fundo multimercado, aprovado pela Comissão de Valores Mobiliários, CVM, e que possui exposição a criptoativos conquistou uma valorização maior que a do BTC e chegou a uma rentabilidade maior de 43%.

Desta forma o Hashdex Criptoativos Voyager Fim IE apresentou uma valorização de 43,66%, superando o Bitcoin no período. Porém, além de ter superado o BTC em valorização no mês, o fundo é ainda o mais rentável do Brasil nos últimos 6 meses com uma alta de 236,45%.

O fundo oferece 100% de exposição em criptomoedas sendo que ele reflete o índice Hashdex Digital Assets Index (Nasdaq: HDAI) que é composto por diversas criptomoedas (Bitcoin 78,57%, Ethereum 14,76%, Litecoin 1,20%, Bitcoin Cash 1,10%, Polkadot 0,94%, Chainlink 0,69%, Stellar 0,69%, Binance Coin 0,66%, EOS 0,36%, TRON 0,26%, NEM 0,23%, Tezos 0,21%, Cosmos 0,17%, Neo 0,16%). Os criptoativos que integram o índice são revistos trimestralmente.

O Criptoativos Voyager Fim IE cobra uma taxa de administração de 1% ao ano e não há taxa de performance e pode ser comprado nas corretoras XP Investimentos, BTG, Warren, Guide, Genial, Icap, Necton, RIco, Órama, Easyinvest, ativa e Mycap.

QR lidera entre as corretoras

Embora o Criptoativos Voyager Fim IE da Hashdex tenha a melhor performance no mês e nos últimos 6 meses, o BLP Crypto Assets Fim IE, da gestora BLP, e que também oferece exposição em criptomoedas, é o segundo que mais ofereceu rentabilidade nos últimos 6 meses no Brasil com cerca de 151,46% de valorização.

O fundo investe 98% em criptomoedas (sendo 80% nas maiores criptomoedas por capitalização de mercado e 20% investido em tokens menores com o objetivo de superar o Bloomberg Galaxy Crypto Index (BGCI) e 2% em renda fixa e outros fundos de investimento.

Já com relação a rentabilidade no último mês a corretora que tem a média de fundos mais rentáveis é a QR, com seus 3 fundos (incluindo o que é em parceria com a Vitreo) com mais de 30% de valorização no período.

A empresa tem três fundos o QR BTC MAX FIM IE, o QR Blockchain Assets Fim IE  o VTR QR Cripto Fim IE, todos os três com exposição em criptoativos, sendo o primeiro, o QR BTC MAC, 100% investido em Bitcoin e os demais compostos por uma cesta de criptomoedas composta por 70% por bitcoin e os outros 30% por diversos criptoativos como Ethereum e Chainlink, entre outros (busca refletir o Empiricus: Exponential Coins).

Todos os três fundos da QR podem ser adquiridos nas corretoras Guide, Órama, Necton, Warren e Genial Investimentos; disponível também no site da QR Asset Management.

Confira a rentabilidade dos fundos com exposição em criptomoedas no Brasil

FUNDO NO MÊS NO ANO 3 MESES 6 MESES VITREO CRIPTOMOEDAS FIC FIM INVESTIMENTIMENTO EXTERIOR 33,44% 33,44% 147,61% 197,08% HASHDEX CRIPTOATIVOS DISCOVERY FIC FIM 8,98% 8,98% 29,09% 32,77% HASHDEX CRIPTOATIVOS EXPLORER FIC FIM 18,83% 18,83% 65,57% 77,66% HASHDEX CRIPTOATIVOS VOYAGER FIM IE 43,66% 43,66% 213,75% 271,87% HASHDEX BITCOIN FULL 100 FIC FIM IE 39,85% 39,85% 213,94% 212,08% BLP CRYPTO ASSETS FIM IE 2,33% 2,33% 81,88% 150,65% QR BTC MAX FIM IE 36,60% 36,60% 200,09% 189,26% VTR QR CRIPTO FIM IE 33,94% 33,94% 149,98% 200,06% VITREO CRIPTO METALS BLEND FIC FIM 9,91% 9,91% 23,09% 28,96% BLP CRIPTOATIVOS FIM 0,51% 0,51% 13,48% 21,20% QR BLOCKCHAIN ASSETS FIM IE 38,46% 38,46% 146,33% 209,47% CDI (Benchmark) 0,04% 0,04% 0,46% 0,96%

LEIA MAIS