Venda é confiança: torne-se um amigo verdadeiro de seus clientes | Exame

0
58
Venda é confiança: torne se um amigo verdadeiro de seus clientes
Venda é confiança: torne se um amigo verdadeiro de seus clientes

imagem17-06-2021-12-06-08

Empreendedores devem entender que venda é igual a vínculo (Leandro Fonseca/Exame)

Por Caio Carneiro*

Cada dia fica mais evidente que a habilidade de vender é uma das mais importantes dentro do mundo dos negócios. Boa parte dos problemas das empresas é solucionada com um aumento significativo das vendas.

E em um mundo cada vez mais conectado, dinâmico e competitivo, a disputa pela atenção do consumidor também é cada vez mais acirrada.

Contudo, poucos empreendedores entendem que venda é igual a vínculo – quanto maior a conexão e confiança entre você e seu potencial cliente, mais vendas acontecerão. Ainda existem muitos empreendedores arcaicos, que consideram ser uma perda de tempo ligar para um potencial cliente e não oferecer nada, apenas perguntar como ele está, por exemplo. Que pena, esse empreendedor se tornará obsoleto em um mundo onde as experiências estão sendo colocadas em um pedestal pelo consumidor.

Tendemos a comprar de quem a gente gosta e confia. Se duas pessoas vendem o mesmo produto ou serviço, o fator decisivo de compra, em primeiro plano, será o da confiança e vínculo. Se eu e seu melhor amigo vendemos o mesmo produto, não terei a menor chance de ganhar essa venda dele, mesmo que o preço dele seja até um pouco superior, ainda assim você preferirá comprar dele.

Sabendo disso, tornar-se amigo verdadeiro de seus clientes é uma das maiores estratégias de fidelização e retenção, e você ganhará duas vezes: bons amigos e bons clientes. É surpreendente como poucos empreendedores sabem, por exemplo, o nome dos filhos de seus principais clientes, o que gostam, o que fazem… Ou seja, não tem um vínculo verdadeiramente estabelecido.

Segundo o dicionário, a palavra vínculo (do latim: vincŭlum) significa uma união, relação ou ligação de uma pessoa ou coisa com outra. Sendo assim, duas pessoas ou objetos vinculados estão unidos, encadeados ou atados, seja física ou simbolicamente.

Frequentemente, ótimos produtos e serviços são ignorados pelo fato de não existir vínculo entre quem vende e quem compra. Por isso, desenvolva relações mais profundas e verdadeiras, invista em aprimorar o vínculo entre você, seus clientes e potenciais clientes. Não há tempo mais bem investido em vendas do que fortalecer a ponte de relacionamento entre você e seu público alvo. O único efeito colateral resultante dessa ação será o aumento das suas vendas.

*Caio Carneiro é pai, empreendedor, investidor, palestrante e autor do best-seller Seja Foda!, livro de negócios mais vendido do país e também do livro Enfodere-se!

Veja também

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Veja também